7 Técnicas De Estudo Para as pessoas que Não Consegue S

09 May 2019 09:28
Tags

Back to list of posts

<h1>7 T&eacute;cnicas De Estudo Para as pessoas que N&atilde;o Consegue Se Concentrar</h1>

<p>S&atilde;o Paulo — Algu&eacute;m entra pela biblioteca. A tela do seu celular brilha com a chegada de uma nova mensagem. Voc&ecirc; se lembra de uma m&uacute;sica e decide escut&aacute;-la. Se voc&ecirc; &eacute; um distra&iacute;do cr&ocirc;nico, qualquer fundamento &eacute; bastante para interromper o estudo para uma prova. A aus&ecirc;ncia de concentra&ccedil;&atilde;o cobra teu valor mais cedo ou mais tarde. No final das contas, &eacute; necess&aacute;rio ter contato intenso e regular com a mat&eacute;ria para ter sucesso em provas complexas como concursos p&uacute;blicos, exames de efici&ecirc;ncia em l&iacute;nguas ou testes de admiss&atilde;o em programas de p&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Continua&ccedil;&atilde;o &eacute; precisamente o superior desafio dos dispersivos, anuncia Alessandro Saade, fundador do projeto “Empreendedores Compulsivos”. Ele respectivo se identifica com o perfil. “Al&eacute;m de d&eacute;ficit de aten&ccedil;&atilde;o, sou muito animado e n&atilde;o resisto &agrave; tenta&ccedil;&atilde;o de ler uma not&iacute;cia ou pesquisar sobre o assunto qualquer coisa sensacional que surja no meio do meu trabalho”, reconhece. A tecnologia incrementa o potencial de sedu&ccedil;&atilde;o das distra&ccedil;&otilde;es. O smartphone, sobretudo, &eacute; um “veneno” para que pessoas quer entender.</p>

<p>A &uacute;nica sa&iacute;da &eacute; se disciplinar e se arredar completamente do aparelho, diz Saade. Uma recomenda&ccedil;&atilde;o &eacute; estabelecer uma etapa para visualizar as notifica&ccedil;&otilde;es — uma vez a cada 30 minutos de estudo, tendo como exemplo. Outra recomenda&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica &eacute; procurar um recinto de estudos ajeitado, limpo, silencioso e confort&aacute;vel. Quanto menos inc&ocirc;modos houver, melhor: &eacute; interessante procurar uma cadeira ou poltrona ergon&ocirc;mica e garantir que voc&ecirc; est&aacute; bem alimentado. &Aacute;gua assim como &eacute; essencial pra conservar o c&eacute;rebro funcionando a todo o vapor.</p>

<p>Um experimento feito por pesquisadores ingleses ilustrou que pessoas com sede demoram mais tempo pra completar tarefas do que aquelas que est&atilde;o bem hidratadas. “Isso faz com que voc&ecirc; tenha a sensa&ccedil;&atilde;o de que a leitura &eacute; bem dif&iacute;cil ou improdutiva”, diz a especialista. “O mais interessante &eacute; que surge um aparelho de contrapartida pra sentir um al&iacute;vio r&aacute;pido, como acessar o smartphone ou bater papo, o que desvia ainda mais a aten&ccedil;&atilde;o”.</p>

<p>Quer mais ideias pra manter o assunto na prepara&ccedil;&atilde;o pra uma prova? Ainda que voc&ecirc; adore mat&eacute;ria que est&aacute; estudando, n&atilde;o faltam atividades muito mais intrigantes do que ler a apostila. Brasil Vai Ganhar Pela Quinta-feira Certificado De Pa&iacute;s Livre Da Febre Aftosa interromper a tua concentra&ccedil;&atilde;o para satisfazer o desejo de enxergar as not&iacute;cias do dia, ver a filmes engra&ccedil;ados ou digitar alguma coisa nas redes sociais, fa&ccedil;a isso antes de come&ccedil;ar a tua sess&atilde;o de estudos.</p>

<p>Segundo Saade, esse truque simples assist&ecirc;ncia a saciar a sua inquieta&ccedil;&atilde;o e relaxar. S&oacute; cuidado pra n&atilde;o exagerar: basta passar os 10 primeiros minutos do dia assim sendo. Enem: Como Estudante Aumentou Nota Da Reda&ccedil;&atilde;o Em Quase 400 Pontos , &eacute; hora de interromper as distra&ccedil;&otilde;es e se dedicar exclusivamente ao estudo. Entender pra uma prova dificultoso a todo o momento ser&aacute; uma experi&ecirc;ncia intensa, mas n&atilde;o necessariamente exaustiva.</p>

<p>Talvez voc&ecirc; tenha complexidade para se concentrar j&aacute; que se cansa mais r&aacute;pido. A dica &eacute; fragmentar o servi&ccedil;o em peda&ccedil;os mais diger&iacute;veis. “Fa&ccedil;a sess&otilde;es de trinta minutos, tendo como exemplo, nas quais voc&ecirc; vai mergulhar inteiramente no que est&aacute; fazendo”, diz Saade. “Terminado esse per&iacute;odo, levante e ir&aacute; respirar um tanto, ingerir &aacute;gua, fazer alguma coisa leve”.</p>

<ul>
<li>UFBA (Institui&ccedil;&atilde;o Federal da Bahia) - Enem/Sisu</li>
<li>Acesse como entender qu&iacute;mica no cotidiano</li>
<li>Passive voice</li>
<li>cinco - Tenha foco e disciplina</li>
<li>um Resolva exerc&iacute;cios</li>
</ul>

<p>E tamb&eacute;m dividir o tempo em blocos, voc&ecirc; bem como podes recortar o assunto a ser estudado em menores fragmentos. Ao produzir um resumo, impossibilite frases ou par&aacute;grafos — prefira palavras chave, esquemas e listas no estilo “bullet points”. A organiza&ccedil;&atilde;o da escrita em pedacinhos facilita a exist&ecirc;ncia dos dispersivos, principalmente pela hora de reler tudo. DICA DEFINITIVA Para Digitar MELHOR , &eacute; rapidamente ler palavras chave, e tamb&eacute;m mais estimulante: voc&ecirc; tem que ativamente refletir no nexo entre as ideias, o que exige mais do c&eacute;rebro e limita a margem pra divaga&ccedil;&otilde;es.</p>

Curso-de-Pasteleria1.jpg

<p>De acordo com RICARDO SEMLER: Truque Sujo No Enem , diretor pedag&oacute;gico da Academia do Concurso, a melhor maneira de preservar a concentra&ccedil;&atilde;o &eacute; tornar as sess&otilde;es de estudo mais r&aacute;pidas, curtas e execu&ccedil;&otilde;es. Pra esta finalidade, a recomenda&ccedil;&atilde;o &eacute; suprimir o volume de leituras e concentrar os seus esfor&ccedil;os nos exerc&iacute;cios. “D&ecirc; uma lida geral no assunto, todavia n&atilde;o passe muitas horas debru&ccedil;ado no livro”, recomenda ele. “Assim que tiver uma ideia da teoria, parta para a resolu&ccedil;&atilde;o de provas de anos anteriores, e v&aacute; fixando os conceitos a partir dos seus erros e acertos”. Se voc&ecirc; tem facilidade pra memorizar coisas a come&ccedil;ar por um est&iacute;mulo visual, poder&aacute; ser envolvente produzir mapas visuais, diagramas e figuras sobre a mat&eacute;ria.</p>

<p>Caso se d&ecirc; melhor com resumos escritos &agrave; m&atilde;o, prepare o l&aacute;pis e a caneta. Tem um perfil auditivo? Vale mais gravar a tua pr&oacute;pria voz dando uma “aula” sobre e depois escut&aacute;-la. O interessante, diz Estrella, &eacute; achar qual &eacute; o mecanismo de aprendizagem que mais combina com o seu paradigma mental.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License